Ajude-nos a salvar a central de energia das ondas do Pico!


A Central CAO do Pico foi construída como a Central Piloto Europeia de Energia das Ondas, co-financiada pela CE, com o objectivo de demonstrar a viabilidade técnica da energia das ondas numa pequena ilha, ligada à rede eléctrica. Desde 2004, a central é operada pelo WavEC, uma organização privada sem fins lucrativos cujos proveitos advêm de fundos comunitários (60%) e de projectos de I&D nacionais (10%), de serviços prestados a empresas (25%) e quotas dos seus associados (5%). Para além disso, é a única infra-estrutura aberta à formação, I&D, inovação e demonstração.

Devido à corrosão progressiva da estrutura de betão, pela força da água do mar, a central está presentemente a enfrentar um sério risco de colapso. A central do Pico precisa de uma intervenção urgente para reparar e reforçar as suas paredes e proteger as suas fundações contra a erosão do leito marinho e abrasão.

O investimento necessário ronda os 1,5 milhões de euros (dos quais 265.000 euros financiamento privado) para recuperar a parte submersa da estrutura e estabelecer um centro de I & D. Esta é uma enorme quantidade de dinheiro para uma organização pequena como o WavEC e essa é a razão pela qual estamos a solicitar o seu apoio! Quer ajudar-nos a salvar a Central do Pico?


          
Mais fotos »